O DIA EM QUE ME TORNEI PÁSSARO

O Dia em que me tornei pássaro

 

Olá gente bonita 🙂

Depois de umas longas férias, regresso com um livro muito, muito especial.

Um livro que já estava na minha biblioteca há algum tempo em inglês e que eu esperava que fosse trazido para Portugal.

Chegou pelas mãos da editora The Poets and Dragons Society. Na língua de Camões está ainda mais bonito.

O protagonista desta história simples e muitíssimo expressiva é um menino de coração terno que se apaixona pela primeira vez no primeiro dia de escola.

Eles estão na mesma turma e ela senta-se à sua frente. Ele não tem olhos para mais nada, mas ela nem o vê.

Candela é apaixonada por pássaros, observa-os na natureza e cuida deles quando estão feridos.

A voz do menino como narrador é realista e cativante pois ele partilha o que lhe vai no coração de forma simples e honesta.

 

“Quando olho para ela, esqueço tudo o resto.

Já não quero saber dos meus carrinhos,

da minha bola de futebol, nem de coisa nenhuma.

E também já não olho para os pássaros como antes.”

 

Um dia, o menino apaixonado resolve ir para a escola disfarçado de pássaro, um grande e belo pássaro. O fato, construído pelo menino, pode ser visto a ganhar forma nas ilustrações desde a primeira página enquanto a história se começa a desenrolar devagarinho.

Não é fácil andar vestido de pássaro.  Faz calor, os colegas riem-se, jogar à bola é difícil e fazer xixi com aquele fato é complicado. Mas o menino não se importa.

Será que a Candela vai ter olhos para este pássaro tão apaixonado?

Recomendo para maiores de 5 anos

 

Anúncios