A VIAGEM e EU E O MEU MEDO

A Viagem

Um livro belíssimo sobre um tema difícil.

A autora decidiu criar esta história depois de ter conhecido duas raparigas num campo de refugiados em Itália. Segundo a autora, “Quase todos os dias ouvimos nas notícias as palavras “migrantes” e refugiados”, mas raramente se fala das viagens pessoais que eles tiveram de fazer”

Um dia a guerra chegou e a vida de uma família, como tantas outras, muda para sempre. A história é narrada por uma das filhas que conta como seu mundo mergulha no caos e tudo fica negro quando a guerra lhe leva o pai. A mãe e as duas crianças partem numa longa viagem em busca de um lugar onde nunca mais terão medo. Fogem na calada da noite para não serem vistos e durante muitos dias não param,  atravessando  colinas e florestas, fronteiras e mares tempestuosos em busca de um novo lar.

É difícil segurar as lágrimas ao ler este livro com os meus filhos. Se não conhecem, procurem conhecer  e por favor expliquem aos vossos filhos que nem todos têm um lugar seguro para viver e que isso é inadmissível.

Na contra capa do livro há uma citação da Amnistia Internacional onde se lê: “Apoiamos este livro porque ele nos recorda que todos temos direito à vida, à segurança e a ter uma casa.”

Eu e o Meu Medo

A menina é a mesma do livro A Viagem e está agora a começar uma nova vida, finalmente num lugar seguro. Neste livro a autora lembra-nos que para os refugiados, a jornada, não termina quando encontram um novo lar.

Precisamos de um mundo com mais amor e mais empatia e o mundo está nas mãos dos nossos filhos.  Façamos então a nossa parte e coloquemos boas sementes nos seus corações. Este livro dá uma boa ajuda.

Numa nova cidade, a menina está a tentar adaptar-se à sua nova vida cheia de gente desconhecida que ela não entende e não a entende a ela, numa escola nova e num bairro estranho.

“Eu sempre tive um segredo: um amigo pequenino chamado Medo. O Medo sempre tomou conta de mim e me protegeu… Mas, desde que viemos para este país, o Medo deixou de ser assim tão pequenino. E todos os dias cresce mais um bocadinho.”

Num lugar novo, o Medo tornou-se enorme e recusa-se a arredar pé, impedindo-a de se dar a conhecer, de fazer amigos e de descobrir o novo mundo que a rodeia.

Eu e Meu Medo é uma história doce e gentil que nos mostra que podemos encontrar amizade e conforto quando partilhamos os nossos medos.

Lida fora do contexto do livro anterior a história continua a fazer todo o sentido e é ótima para falar sobre os medos que todos nós temos e que tantas vezes preocupam os nossos valentes pequenos leitores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s